(51) 2104-9500 •

CytoSorb

CytoSorb

Atende as necessidades de urgência em áreas
como cirurgia cardíaca e terapia intensiva


O Cytosorb é um dispositivo médico de hemoadsorção, baseado no processo de hemopurificação extracorpórea, o dispositivo pode efetivamente diminuir os níveis excessivos de mediadores inflamatórios, auxiliando a equipe médica no controle da tempestade de citocinas que está associado as reações hiperinflamatórias ou choque séptico.

Detentor de uma tecnologia única, suas micro esferas bio e hemocompatíveis são dotadas de uma força de atração baseada não só em tamanho, mas também em características hidrofóbicas, ampliando a adsorção para outras moléculas (bilirrubinas, mioglobina, amônia, enterotoxinas, metais, algumas drogas como o Ticagrelor e outros mediadores inflamatórios) além das citocinas.

Podendo ser acoplado facilmente em máquinas de hemodiálise, hemofiltragem, ECMO e máquinas de circulação extracorpórea (CEC), o Cytosorb atende as necessidades de urgência em áreas como cirurgia cardíaca e terapia intensiva, sem a necessidade de equipamentos especiais.

Características:

Cirurgia Cardíaca

Apesar dos grandes avanços nos dispositivos médicos utilizados em cirurgias cardiovasculares, pacientes submetidos a procedimentos complexos, como reoperação, cirurgia aórtica e troca de válvula devido a endocardite são expostos a um alto grau de risco e complicações, variando desde uma disfunção orgânica de curta duração, passando por uma falência multiorgânica podendo levar ao óbito em casos extremos.

Fatores como o trauma da cirurgia, fluxo sanguíneo não pulsátil, injuria de isquemia-reperfusão podem acionar uma resposta do sistema complemento e estimular a produção de citocinas inflamatórias (1,2). A concentração desses mediadores inflamatórios está diretamente relacionado com a complexidade, tempo e invasividade do procedimento, podendo resultar em hiperinflamação sistêmica, com associação a complicações, tais como insuficiência renal aguda (também associada com hemoglobina livre) (3) além de insuficiência cardíaca e respiratória.

   Usos mais indicados

  • Endocardites com troca de válvula;
  • Combinação de intervenções repetitivas e complexas;
  • Dissecção de aorta;
  • Paciente com função renal e/ou hepática comprometida;
  • Transplante cardíaco;
  • Em emergência: remoção de algumas drogras, como o Ticagrelor.

Estudos demonstram a efetividade do Cytosorb a fim de diminuir a presença de mediadores inflamatórios e, por consequência, tornar o manejo do paciente intraoperatório mais fácil. Além disso esses pacientes tratados com Cytosorb intraoperatório tiveram uma menor taxa de uso de hemodiálise, menor tempo de UTI pós cirurgia, diminuindo custos para as instituições devido a menor taxa de uso de medicação, exames laboratoriais e de imagem(4).

O uso do Cytosorb auxilia na redução dos níveis de mediadores inflamatórios intraoperatório, tais como citocinas e hemoglobina, resultando em diminuições das complicações pós-cirúrgicas, bem como uma redução de custos para a instituição(4).

Com mais de 2.000 casos registrados, o Cytosorb é uma alternativa de uso segura em cirurgias que demandem o uso de máquinas de CEC.(5,6)


Vantagens de uso do Cytosorb intraoperatório:

  • Redução efetiva do excesso de citocinas e ativação do sistema complemento;
  • Redução dos níveis de hemoglobina livre;
  • Redução da síndrome do extravazamento capilar;
  • Melhora nos parâmetros hemodinâmicos;
  • Evita, ou diminui o dano multiorgânico induzido por citocinas e mediadores inflamatórios;
  • Permite a cirurgia em emergência de pacientes em tratamento com Ticagrelor.

Cytosorb na Terapia Intensiva (Sepse e UTIs)

SEPSE é definida como uma condição de risco de vida causado por uma resposta exacerbada do sistema imunológico a uma infecção(1). Apesar dos inúmeros esforços das equipes médicas, a SEPSE ainda é um dos maiores desafios da medicina, especialmente na terapia intensiva, além de representar a mais frequente causa de óbitos(2).
O tratamento da SEPSE denota um custo elevado para as instituições. Sabe-se que é estimado um crescimento de gastos anuais na faixa de 10% (3).

A terapia com Cytosorb promove um melhor controle do paciente em SEPSE (4), tornando-o hemodinâmicamente estável e permitindo uma ação terapêutica efetiva por parte da equipe médica, reduzindo efetivamente as taxas de mortalidade dos pacientes em choque séptico (5).

Estudos também demonstram efetividade no uso de Cytosorb em pacientes com linfocistose hemofagocítica, reduzindo os nívies de IL-6 no plasma, bem como a diminuição das necessidades de uso de drogas vasopressoras (6).

Em resumo, Cytosorb tende a ser um auxiliar nas rotinas de UTIs, sendo benéfico em casos de choque séptico, promovendo as ações regulatórias abaixo:


Benefício do Cytosorb para casos de choque séptico:

  • Melhora no quadro hemodinâmico;
  • Redução do extravazamento capilar e melhora no balanço fluidico;
  • Prevenção do dano tecidual induzido por mediadores inflamatórios;
  • Redução na produção de novos mediadores inflamatórios;
  • Evita, ou diminui o dano multiorgânico induzido por citocinas e mediadores inflamatórios;
  • Remoção de substâncias nocivas, como enterotoxinas bacterianas, mioglobinas, ácido biliar e bilirrubinas em casos de colestase hepatica.

Cytosorb contra o COVID19

A terrivel situação que se abateu sobre o mundo faz com que a ciência se desdobre em soluções de combate eficaz contra um poderoso inimigo. A COVID19 tem uma taxa de transmissão alta (1) e o infectado pode apresentar sintomas como febre, fadiga e tosse seca. Acometendo o epitélio respiratório de forma severa, o virus pode causar inflamações severas e pneumonia.

Uma grande demanda de citocinas locais e circulantes aumenta em quantidade e circulação causando um estresse grande ao corpo. Esse aumento, conhecido como tempestade de citocinas, vem sendo apontado como uma das causas de severidade da doença (2,3).

O Cytosorb foi desenvolvido especificamente para a remoção dessas citocinas circulantes, auxiliando o corpo a reorganizar seu sitema, evitar choques vasoplégiocs e sépticos, tornando o doente crítico manejável e pronto a receber o tratamento adequado designado pela equipe médica (4,5,6,7).

Publicações recentes tem evidenciado o protagonismo do Cytosorb no combate a tempestade de citicinas e desregulações orgânicas causadas pela COVID-19 (8,9,10). Além disso, a agência regulatória norte Americana (FDA) liberou o uso emergencial do Cytosorb, por se tartar de uma alternativa viável para o tratamento dos pacientes críticos afetados pela doença (11).


Referências bibliográficas:

1- Complement Activation and Organ Damage After Trauma-Differential Immune Response Based on Surgical Treatment Strategy. Lackner I, Weber B, Baur M, Fois G, Gebhard F, Pfeifer R, Cinelli P, Halvachizadeh S, Lipiski M, Cesarovic N, Schrezenmeier H, Huber-Lang M, Pape HC, Kalbitz M. Front Immunol. 2020 Jan 31;11:64. doi: 10.3389/fimmu.2020.00064. eCollection 2020.

2- The Association between Inflammatory Cytokines and miRNAs with Slow Coronary Flow Phenomenon.Danaii S, Shiri S, Dolati S, Ahmadi M, Ghahremani-Nasab L, Amiri A, Kamrani A, Samadi Kafil H, Chakari-Khiavi F, Hojjat-Farsangi M, Malek Mahdavi A, Mehdizadeh A, Yousefi M.Iran J Allergy Asthma Immunol. 2020 Feb 1;19(1):56-64. doi: 10.18502/ijaai.v19i1.2418.

3- Hemolysis during cardiac surgery is associated with increased intravascular nitric oxide consumption and perioperative kidney and intestinal tissue damage.Vermeulen Windsant IC, de Wit NC, Sertorio JT, van Bijnen AA, Ganushchak YM, Heijmans JH, Tanus-Santos JE, Jacobs MJ, Maessen JG,Buurman WAFront Physiol. 2014 Sep 8;5:340.

4- Economic consequences of renal dysfunction among cardiopulmonary bypass surgery patients: a hospital-based perspective.Callahan M, Battleman DS, Christos P, Efimba M, Whitelaw GValue Health. 2003 Mar-Apr;6(2):137-43.

5- www.cytosorb-therapy.com

6- Hemoadsorption treatment with CytoSorb® in patients with extracorporeal life support therapy: A case series.Träger K, Skrabal C, Fischer G, Schroeder J, Marenski L, Liebold A, Reinelt H, Datzmann T.Int J Artif Organs. 2019 Dec 23:391398819895287. doi10.1177/0391398819895287. [Epub ahead of print]

1- The Third International Consensus Definitions for Sepsis and Septic Shock (Sepsis-3) Mervyn Singer, MD, FRCP; Clifford S. Deutschman, MD, MS; Christopher Warren Seymour, MD, MSc; Manu Shankar-Hari, MSc, MD, FFICM; Djillali Annane, MD, PhD; Michael Bauer, MD; Rinaldo Bellomo, MD; Gordon R. Bernard, MD; Jean-Daniel Chiche, MD, PhD; Craig M. Coopersmith, MD; Richard S. Hotchkiss, MD; Mitchell M. Levy, MD; John C. Marshall, MD; Greg S. Martin, MD, MSc; Steven M. Opal, MD; Gordon D. Rubenfeld, MD, MS; Tom van der Poll, MD, PhD; Jean-Louis Vincent, MD, PhD; Derek C. Angus, MD, MPH JAMA. 2016;315(8):801-810

2- www.world-sepsis-day.org

3- Inpatient care for septicemia or sepsis: a challenge for patients and hospitals.Hall MJ, Williams SN, DeFrances CJ, Golosinskiy A. NCHS Data Brief. 2011 Jun;(62):1-8.

4- Experience with hemoadsorption (CytoSorb®) in the management of septic shock patients.Mehta Y, Mehta C, Kumar A, George JV, Gupta A, Nanda S, Kochhar G, Raizada A.World J Crit Care Med. 2020 Jan 31;9(1):1-12. doi: 10.5492/wjccm.v9.i1.1. eCollection 2020 Jan 31.

5- Hemoadsorption with CytoSorb shows a decreased observed versus expected 28-day all-cause mortality in ICU patients with septic shock: a propensity-score-weighted retrospective study.Brouwer WP, Duran S, Kuijper M, Ince C.Crit Care. 2019 Sep 18;23(1):317. doi: 10.1186/s13054-019-2588-1.

6- Cytokine adsorption is a promising tool in the therapy of hemophagocytic lymphohistiocytosis.Frimmel S, Hinz M, Schipper J, Bogdanow S, Mitzner S, Koball S. Int J Artif Organs. 2019 Nov;42(11):658-664. doi: 10.1177/0391398819857444. Epub 2019 Jun 26.

1- [Estimating the basic reproduction number of COVID-19 in Wuhan, China].Wang Y, You XY, Wang YJ, Peng LP, Du ZC, Gilmour S, Yoneoka D, Gu J, Hao C, Hao YT, Li JH. Zhonghua Liu Xing Bing Xue Za Zhi. 2020 Mar 3;41(4):476-479. doi: 10.3760/cma.j.cn112338-20200210-00086. [Epub ahead of print] Chinese.

2- Advances in COVID-19: the virus, the pathogenesis, and evidence-based control and therapeutic strategies. Zhou G, Chen S, Chen Z. Front Med. 2020 Apr 21. doi: 10.1007/s11684-020-0773-x. [Epub ahead of print] Review.

3- Weathering the cytokine storm in susceptible patients with severe SARS-CoV-2 infection. Lipworth B, Chan R, Lipworth S, RuiWen Kuo C. J Allergy Clin Immunol Pract. 2020 Apr 17. pii: S2213-2198(20)30365-2. doi: 10.1016/j.jaip.2020.04.014. [Epub ahead of print] No abstract available.

4- Successful Reduction of Creatine Kinase and Myoglobin Levels in Severe Rhabdomyolysis Using Extracorporeal Blood Purification (CytoSorb®). Dilken O, Ince C, van der Hoven B, Thijsse S, Ormskerk P, de Geus HRH. Blood Purif. 2020 Feb 28:1-5. doi: 10.1159/000505899. [Epub ahead of print]

5- Extracorporeal cytokine removal in severe CAR-T cell associated cytokine release syndrome. Stahl K, Schmidt BMW, Hoeper MM, Skripuletz T, Möhn N, Beutel G, Eder M, Welte T, Ganser A, Falk CS, Koenecke C, David S. J Crit Care. 2020 Feb 19;57:124-129. doi: 10.1016/j.jcrc.2020.02.010. [Epub ahead of print]

6- Experience with hemoadsorption (CytoSorb®) in the management of septic shock patients. Mehta Y, Mehta C, Kumar A, George JV, Gupta A, Nanda S, Kochhar G, Raizada A. World J Crit Care Med. 2020 Jan 31;9(1):1-12. doi: 10.5492/wjccm.v9.i1.1. eCollection 2020 Jan 31.

7- Hemoadsorption of cytokines by CytoSorb filter: a simulation study without human factor-pilot is the difference. Nadeem R, Obaida ZA, Kamat S. Crit Care. 2020 Jan 13;24(1):13. doi: 10.1186/s13054-019-2716-y. No abstract available.

8- [Advanced organ support and life-sustaining therapies in critically ill COVID-19 infected patients]. Berhés M, Fábián Á, László I, Végh T, Molnár C, Fülesdi B, Koszta G. Orv Hetil. 2020 Apr 1;161(17):704-709. doi: 10.1556/650.2020.31813. Hungarian.

9- Coronavirus epidemic: preparing for extracorporeal organ support in intensive care. Ronco C, Navalesi P, Vincent JL. Lancet Respir Med. 2020 Mar;8(3):240-241. doi: 10.1016/S2213-2600(20)30060-6. Epub 2020 Feb 6. No abstract available.

10- The effect of a novel extracorporeal cytokine hemoadsorption device on IL-6 elimination in septic patients: A randomized controlled trial. Schädler D, Pausch C, Heise D, Meier-Hellmann A, Brederlau J, Weiler N, Marx G, Putensen C, Spies C, Jörres A, Quintel M, Engel C, Kellum JA, Kuhlmann MK. PLoS One. 2017 Oct 30;12(10):e0187015. doi: 10.1371/journal.pone.0187015. eCollection 2017.

11- https://www.fda.gov/media/136867/download



Produtos Relacionados